Longevidade celular: o que você precisa saber

O que é Longevidade Celular? 

A longevidade celular é a capacidade do nosso corpo em se proteger de eventos envolvidos no processo de envelhecimento das células. O encurtamento dos telômeros é um dos principais processos envolvidos na redução da longevidade celular,  vamos te explicar no próximo tópico.

Os telômeros são estruturas celulares presentes nas  extremidades dos cromossomos e sua atribuição principal é a proteção do material genético contra qualquer injúria, mantendo sua integridade e aumentando o tempo de vida celular. Conforme nossas células se dividem para se multiplicar e para regenerar os tecidos e órgãos do nosso corpo, o tamanho dos telômeros vai diminuindo e com o passar do tempo, ficam mais curtos.

 

Sendo assim, existe um momento em que estes telômeros ficam tão pequenos que já não são capazes de proteger o DNA e consequentemente, as células param de se reproduzir, alcançando um estado de velhice. Por isso, quanto maior os telômeros, maior sua longitude e qualidade de vida.

 

Confira no próximo tópico os principais pilares da longevidade. 

 

Pilares da Longevidade 

Alimentação saudável 

Os alimentos que ajudam no alongamento dos telômeros são ricos em antioxidantes. Isso acontece porque os antioxidantes são excelentes aliados para neutralizar o efeito prejudicial do estresse oxidativo, ajudando a combater os radicais livres. 

 

Estes radicais livres têm associação a doenças cardíacas como: câncer, diabetes e Alzheimer. Conheça quais alimentos te ajudam a te envelhecer melhor: 

 

  • Alimentos ricos em fibras dietéticas: cereais, lentilhas, alcachofra e sementes (chia, linhaça, abóbora, gergelim e girassol)  
  • Alimentos ricos em ácidos graxos poliinsaturados: salmão, atum anchova, óleo de girassol e óleo de linhaça. 
  • Alimentos ricos em ácido linoléico: aveia, arroz, feijão e óleo de canola. 

 

Exercícios físicos 

A prática regular de exercícios físicos ajuda na melhora da qualidade de vida, na manutenção da massa muscular, no controle do peso e na prevenção e tratamento de doenças crônicas e degenerativas, sendo um excelente aliado à longevidade celular. 

 

Boas noites de sono 

Estudos mostram que, ter boas noites de sono auxilia diretamente na capacidade de defesa do corpo e um sistema imunológico equilibrado, sendo essencial no processo de regeneração celular. 

 

Suplementação 

Os suplementos alimentares são excelentes aliados ao envelhecimento precoce porque eles ajudam a complementar uma série de nutrientes. Os benefícios da suplementação variam de acordo com o nutriente. 

 

Mas é importante ressaltar que é necessário ter uma avaliação médica ou nutricional para que sejam mapeados quais as necessidades do seu corpo, a quantidade de doses, o tempo de uso, entre outros fatores. Além disso, a qualidade da suplementação é essencial nos resultados. 

 

Conheça a Suplementação Anti-Telomerase de Officilab 

A suplementação Anti-Telomerase é rica em antioxidantes que ajudam a travar a redução dos telômeros, protegendo-os do efeito dos radicais livres, que são associados a danos ao DNA e a inúmeras patologias, incluindo doenças cardíacas, câncer, diabetes e Alzheimer.

 

Nós manipulamos o seu medicamento de acordo com as suas necessidades. Consulte seu médico para saber se esse suplemento é indicado para você e converse com a nossa equipe de atendimento para saber mais.

Cuidados essenciais para a saúde da mulher

Para que a mulher tenha uma vida ainda mais longeva e saudável, separamos algumas recomendações de cuidados com a saúde. 

 

Lembrando que, cada mulher é única e tem suas particularidades e por isso, o ideal é sempre buscar orientação médica para um cuidado ainda mais especial com a saúde. 

 

Dito isso, venha conferir nossas dicas! 

Busque ter uma alimentação saudável

A mulher passa por diversas fases em seu ciclo de vida, como a puberdade, a gravidez, a menopausa e até mesmo a velhice. 

 

Ter uma alimentação saudável pode contribuir para cada uma dessas fases. Por exemplo, uma alimentação equilibrada auxilia na amenização dos sintomas da TPM, da menopausa e até mesmo pode promover uma gravidez mais tranquila, sendo um pilar essencial para a saúde feminina. 

Pratique atividades físicas

Ter o hábito de se exercitar diariamente pode trazer diversos benefícios para a saúde feminina! Dentre eles, podemos citar: 

 

  • Contribui para a prevenção de doenças como hipertensão, diabetes e osteoporose; 
  • Promove a melhora do humor e da disposição; 
  • Ameniza os sintomas da TPM e Menopausa;
  • Diminui os riscos de lesões na velhice. 

 

Cuide da sua saúde mental

Muito mais do que focar na saúde física, também é necessário olhar para dentro de si e cuidar da saúde mental. 

 

Isso porque, muitos dos sentimentos podem ser manifestados fisicamente. A ansiedade, por exemplo, pode apresentar sintomas como: respiração ofegante, aumento dos batimentos cardíacos, dor de cabeça e até mesmo, tontura. 

 

Sendo assim, o ideal é inserir na sua rotina alguns momentos de autocuidado, praticar meditações e principalmente, fazer terapia. 

 

Essas práticas ajudam no alívio do estresse e na prevenção e tratamento de quadros como depressão, ansiedade e estresse, fornecendo bem-estar no cotidiano.  

Tenha boas noites de sono

Ter um sono de qualidade é fundamental para a saúde feminina pois, quando adormecemos, o organismo trabalha para manter funções importantíssimas para o corpo, como a reparação celular, equilíbrio do sistema endócrino, imunológico e neurológico. 

Além disso, dormir bem auxilia na prevenção de doenças, aumenta o controle do apetite e melhora a disposição para enfrentar os desafios do cotidiano. 

Saiba como a suplementação pode ajudar na saúde da mulher 

A suplementação pode contribuir em diversas fases da vida da mulher, entre elas estão: 

  • ​Gestação 
  • ​Pós-parto
  • ​Menopausa
  • ​Melhor idade 

Além disso, o ato de suplementar também pode ser uma excelente aliada na reposição e complementação de vitaminas ou até mesmo no ganho de músculo e emagrecimento. 

Conheça o Easy TPM de Healthline 

O Easy TPM é composto por nutrientes, vitaminas e minerais desenvolvido para ajudar as mulheres a se sentirem bem durante o período mais incômodo do seu ciclo menstrual. Sua formulação combate os indícios característicos da TPM como cólicas, cansaço, inchaço e dores de cabeça.

Garanta já o seu com as equipes de atendimento Officilab.  

Entenda a relação entre o ritmo circadiano e microbiota intestinal

Qual a relação do ciclo circadiano com a microbiota intestinal? 

O Ritmo Circadiano é caracterizado como o relógio biológico do nosso corpo, e tem como principal função regular as funções do organismo de acordo com os horários do dia e da noite. A partir dele, é possível definir os melhores horários para acordar, dormir, comer e até mesmo se exercitar. 

Já a microbiota intestinal é definida como o conjunto dos microrganismos, que incluem as bactérias, fungos, vírus e protozoários que habitam o intestino.  

Estudos mostram que a microbiota intestinal também é regulada pelo ritmo circadiano através da alimentação, que pode alterar a atividade metabólica e impactar a função imunológica tanto de forma positiva quanto negativa. 

Tanto que, ter hábitos mais saudáveis promovem tanto um ritmo circadiano quanto uma microbiota mais saudável. Confira quais são os hábitos que você deve manter. 

Dicas para manter seu microbioma ainda mais saudável 

Para manter a saúde do seu microbioma, é necessário priorizar hábitos mais saudáveis. Entre eles, estão: 

  • Prática de exercícios físicos com regularidade;
  • Alimentação equilibrada e rica em fibras, priorizando proteínas e vegetais, evitando o consumo de alimentos industrializados ou produtos ricos em açúcar, carboidratos simples e gorduras;
  • Ingestão da quantidade correta de água de acordo com sua estrutura corporal; 
  • Sono regulado; 
  • Assim como, gerenciamento do estresse e ansiedade.

 

Em alguns casos, pode ser necessária a reposição dos micro-organismos (pode ser necessário repovoar a microbiota de determinadas regiões, que se encontram em desequilíbrio, utilizando probióticos (que são bactérias benéficas) e, para isso a suplementação com probióticos e prebióticos pode ser essencial.) 

Entretanto, é necessário buscar orientação de um médico ou nutricionista para que a suplementação seja feita de forma adequada. 

Conheça no próximo tópico a Akkermansia muciniphila e saiba como ela contribui para a microbiota intestinal. 

Akkermansia Muciniphila: uma aliada à saúde intestinal 

Akkermansia Muciniphila é uma bactéria que possui um papel fundamental na saúde intestinal, isso porque ela fortalece a função da barreira do intestino, aumenta a imunidade e a oxidação de ácidos graxos, promovendo uma melhora da resistência insulínica e desordens hepáticas.

Estudos mostram que, pessoas acometidas com diabete e síndrome metabólica tendem a ter baixas concentrações de Akkermansia muciniphila em seu organismo e por isso, a suplementação com esse ativo pode auxiliar no tratamento. 

Para saber se a Akkermansia Muciniphila é ideal para você, busque orientação médica e converse com nossa equipe de atendimento para fazer o seu orçamento conosco. 

Cafeína: tudo que você precisa saber sobre o composto bioativo mais consumido no mundo

O que é a cafeína e como ela age no organismo 

A Cafeína é uma substância química pertencente ao grupo das xantinas, presente no café e em alimentos como erva-mate, chá verde e cacau, mas também pode ser encontrada na suplementação. Ela possui um efeito estimulante no organismo, sendo capaz de aumentar a concentração e a disposição, sendo tema de diversos estudos nos últimos anos. 

 

Confira no próximo tópico os principais benefícios da cafeína. 

Benefícios da Cafeína 

Promove bem-estar 

A cafeína possui uma propriedade capaz de estimular a produção de hormônios ligados à sensação de prazer e bem-estar em algumas pessoas, podendo até mesmo prevenir processos de degeneração cerebral e inibir o crescimento de células tumorais.

 

Auxilia no tratamento da gordura localizada 

Esse ativo também pode ser usado em tratamentos e produtos que ajudam na redução da gordura localizada e celulite, já que ele contribui para a quebra de células gordurosas. 

 

Ação antioxidante 

Por agir como um antioxidante natural, a cafeína oferece um efeito protetor nas estruturas que dão sustentação à pele, como o colágeno e elastina. Por isso, esse ativo pode contribuir para uma pele mais saudável, jovem e macia. 

 

Auxilia na performance esportiva 

A cafeína ajuda na melhora da concentração, potencializa a contração muscular e aumenta a tolerância em atividades intensas, contribuindo diretamente para a performance. Além disso, ela possui efeitos analgésicos, alterando a percepção de dor durante os exercícios. 

A Cafeína tem efeitos colaterais? 

Sim, ela pode apresentar efeitos colaterais se consumida em grande quantidade, como dificuldade para dormir, irritabilidade, náusea, enxaqueca, taquicardia, tremores e até mesmo o aumento da ansiedade. 

 

Por isso, o ideal é consultar um nutricionista para entender qual a quantidade ideal de cafeína para você, já que cada organismo reage de maneira diferente a uma mesma dose. 

A cafeína pode ser suplementada? 

Sim! Geralmente a cafeína é indicada para atletas que buscam a melhora da performance, para pessoas que praticam esportes de alta intensidade e até mesmo para quem deseja emagrecer.

 

No entanto, a suplementação deve ser feita somente sob supervisão médica ou nutricional, já que ela é contraindicada em diversos casos, como para hipertensos e pessoas com ansiedade. 

Orce o seu manipulado conosco! 

A Officilab manipula a Cafeína de diversas formas, tais como: Shot, Mocaccino Funcional, Chocolates, Veículos para Refresco e até mesmo Bombom Trufado. Fale com nossa equipe de atendimento e orce seu manipulado conosco. 

 

Psicobióticos: o que são, como funcionam e benefícios!

No nosso organismo, existem dois tipos principais de bactérias: as que promovem e auxiliam na manutenção da saúde, conhecidas como probióticos; e as responsáveis por causar doenças e infecções. Os psicobióticos são bactérias boas que ajudam a manter a saúde mental, prevenindo e tratando doenças como depressão, transtorno bipolar, distúrbios de pânico e ansiedade.

Mas como os psicobióticos funcionam?

Essas bactérias estão presentes no intestino e, por esse motivo, podem ser reguladas pela suplementação com probióticos ou por uma alimentação rica que os contenham, como iogurtes, frutas e verduras.

Os psicobióticos apresentam um forte efeito sobre o cérebro. Eles regulam neurotransmissores importantes como o GABA e o hormônio da felicidade, a serotonina. Juntos, atuam na diminuição dos níveis de cortisol e aliviam os sintomas do estresse, ansiedade e depressão. Por isso, além de proteger contra doenças, os psicobióticos possuem um efeito positivo sobre os nossos pensamentos, sentimentos e nossas reações ao longo do dia. 

Benefícios dos psicobióticos 

Regula o sistema imunológico: os psicobióticos possuem um efeito regulatório sobre o trato digestivo e impactam positivamente o sistema imune, melhorando as defesas do organismo; 

Melhora a saúde cognitiva: além de atuar sobre a saúde mental e amenizar o estresse excessivo, aprimora o funcionamento dos neurônios das áreas responsáveis pela cognição. Dessa maneira, permite o ganho de conhecimento, aperfeiçoa a atenção, associação, memória e raciocínio; 

Melhora o humor: aumentam a produção de glutationa, aminoácido responsável pelo humor, e que ajuda a prevenir a depressão;

Diminui a irritabilidade: reduzem a atividade de regiões do cérebro relacionadas com as más emoções e pensamentos negativos;

Ajuda a relaxar: ao diminuírem os níveis de cortisol e aumentarem a quantidade de serotonina, promovem o relaxamento e impedem a negatividade gerada pelo estresse; 

Como aumentar os psicobióticos

Já que os psicobióticos são as bactérias boas presentes no intestino, a melhor forma de aumentar suas concentrações é através da alimentação ou suplementação. É essencial adicionar alimentos prebióticos à sua rotina, pois são os principais responsáveis pelo desenvolvimento de bactérias boas. Alguns deles são: iogurte, kefir, banana, maçã, cebola, alcachofra e alho.

Você sabe de onde vem sua vontade de comer doce?

Você sabia que a vontade de comer doces de forma excessiva surge devido a um processo biológico?

Ao ingerir alimentos ricos em açúcares e gorduras, o organismo acaba liberando substâncias, como por exemplo a serotonina , que gera a sensação de bem-estar. E por isso, cria-se um ciclo vicioso: e certas vezes, não é apenas pelo sabor, mas pela sensação que o alimento proporciona.

 

Esse hábito pode trazer diversos prejuízos à saúde. Isso porque, durante o processo de digestão, os estoques de serotonina diminuem, fazendo com que o organismo busque captar rapidamente o triptofano para nova produção desse neurotransmissor. Sendo assim, o cérebro nos avisa desse processo provocando desejo por carboidratos, como doces, pois a glicose aumenta a disponibilidade cerebral do triptofano, que é captado pelos neurônios, produzindo serotonina.

 

Quando nos alimentamos, ocorre liberação de hormônios e neurotransmissores para que as alças intestinais se movimentem. Um dos neurotransmissores mais atuantes na transmissão de mensagens entre os neurônios do aparelho digestivo é a serotonina. Além de atuar no trato gastrintestinal, a serotonina desempenha um importante papel no sistema nervoso, como a liberação de alguns hormônios, a regulação do sono, a temperatura corporal, o apetite, o humor, a atividade motora e as funções cognitivas.

 

Mas saiba que existem diversas formas de diminuir a vontade por doces! Confira as nossas dicas no próximo tópico. 

Como diminuir a vontade por doces 

Evite o açúcar branco 

Opte por adoçantes naturais como o xilitol e eritritol, eles podem ser usados em todos os tipos de receitas e preparações, sem trazer tantos malefícios à saúde. 

Consuma oleaginosas 

As oleaginosas são alimentos de origem vegetal dos quais pode-se extrair óleos de boa qualidade, entre elas podemos destacar as castanhas, nozes e amêndoas. Esses alimentos possuem alto teor de fibras, triptofano e gorduras, por isso são excelentes estratégias para reduzir a vontade de consumir doces.

Pratique exercícios físicos 

A prática de exercícios físicos tem relação direta com a diminuição da vontade de comer doces! Isso porque, além de trazer diversos benefícios à saúde, ter o hábito de se exercitar libera a serotonina, o hormônio do prazer e bem-estar, diminuindo o cortisol. 

 

Conheça o Spray Corta Doce da Officilab! 

O Spray Corta Doce de Officilab possui uma fórmula exclusiva que diminui a vontade de comer doces, retardando a absorção do açúcar. Dentre os principais benefícios e características deste produto, podemos citar: 

 

  • Efeito anti-stress, reduzindo a ansiedade 
  • Contribui para a prevenção de diabetes e doenças cardiovasculares 
  • Promove saciedade 
  • Favorece a queima de gordura 
  • Possui ação diurética 

 

Consulte seu médico ou nutricionista e orce seu manipulado com nossas equipes de atendimento. 

 

Hábitos que você deve manter para fortalecer a imunidade

O que é a imunidade? 

A Imunidade é caracterizada como uma resposta contra substâncias estranhas presentes no organismo, atuando pela ação de células de defesa e anticorpos, sendo essencial para combater os agentes infecciosos, como vírus e bactérias. 

 

Por isso, é essencial ter hábitos que aumentem a sua imunidade. Confira as nossas dicas no próximo tópico.  

Hábitos que você deve manter para uma boa imunidade 

  1. Controle o seu estresse

O estresse atrapalha o funcionamento ideal do nosso organismo, diminuindo a eficiência do sistema imunológico de se proteger. Por isso, é essencial ter uma rotina mais relaxante e investir em hobbies como: leitura, pintura, escutar músicas, entre outros. 

  1. Pratique atividade física

A prática moderada de exercícios físicos promove uma carga benéfica de estresse aumentando de forma permanente o número de células do sistema imune e com isso, nosso corpo fica mais preparado para combater os patógenos, organismos que são capazes de causar doenças.

  1. Priorize as frutas e vegetais em sua alimentação

Opte por frutas cítricas e vegetais verde escuro na hora das suas refeições. Eles atuam no estímulo do sistema imunológico, aumentando a resistência a infecções e as propriedades anti-inflamatórias do corpo. 

  1. Tenha boas noites de sono

Uma boa noite de sono proporciona a regeneração celular, eliminando os radicais livres. Ou seja, as células de defesa ficam prontas para combater os agentes infecciosos e o seu sistema imune fica mais equilibrado.

  1. Suplemente

Aliada aos demais hábitos, a suplementação promove uma melhor resposta do sistema imunológico, auxiliando diretamente na prevenção de doenças e agentes infecciosos. 

Entre os principais suplementos indicados para a imunidade, podemos citar: 

  • Ômega-3
  • Selênio
  • Zinco
  • Vitamina C
  • Vitamina E
  • Vitamina A
  • Probióticos

 

E o melhor de tudo é que você pode contar com a Officilab! Nós manipulamos o suplemento que você precisa com o máximo de qualidade. Converse com o seu médico e entre em contato com as nossas equipes de atendimento para orçar seu manipulado conosco. 

 

Hábitos alimentares que prejudicam o sono

Entenda a relação da alimentação com o seu ciclo biológico 

O que comemos tem relação direta com o nosso ciclo biológico, definindo a qualidade do sono. Uma má alimentação, por exemplo, pode provocar insônia, ansiedade e a sensação de cansaço contínuo. Isso acontece porque, alimentos gordurosos e industrializados podem causar uma desordem metabólica e interferir na absorção de nutrientes. 

 

Por outro lado, ter uma boa alimentação pode ter um efeito positivo na qualidade do sono, fornecendo as vitaminas e nutrientes necessários para o processo de renovação celular e promovendo uma excelente vigília, mantendo o ciclo circadiano regulado. 

 

Confira no próximo tópico quais hábitos podem estar prejudicando o seu sono. 

 

Hábitos alimentares que prejudicam o sono 

  • Comer refeições grandes

Ter refeições maiores durante a janta pode resultar em inchaço, flatulência e outros desconfortos, dificultando o adormecimento. Isso porque, a gordura que foi ingerida leva mais tempo para ser processada pelo organismo. 

  • Consumir muito açúcar

Estudos mostram que a ingestão elevada de açúcares pode gerar uma carga de energia que pode atrapalhar o processo de relaxamento noturno. Além disso, o seu consumo pode resultar em várias desordens metabólicas. 

  • Ter um jantar muito apimentado

Refeições apimentadas contribuem diretamente para a azia, dificultando a qualidade do sono e até mesmo, causando desconforto. Além disso, alimentos ácidos como cervejas e refrigerantes, também podem contribuir para o despertar noturno. 

  • Tomar cafeína ao anoitecer 

O consumo de cafeína pode interferir na qualidade do sono se consumida até seis horas antes de dormir. Isso porque, ela interfere na ação da adenosina, uma substância química responsável pela indução do sono, atrapalhando o ciclo circadiano. 

Dicas para manter um sono de qualidade 

Entre os principais hábitos para ter o ciclo circadiano funcionando de forma mais saudável estão: 

  • Adotar práticas regulares de sono 
  • Praticar exercícios físicos durante o dia 
  • Limitar o uso de telas ao anoitecer 
  • Evitar a ingestão de estimulantes como: álcool, nicotina e cafeína 
  • Ter atividades mais relaxantes ao anoitecer 

Confira no próximo tópico os principais ativos que contribuem para a melhora do sono. 

Ativos que contribuem para uma boa noite de sono 

Phenibut

Ajuda no alívio da tensão, ansiedade e medo, para melhorar o sono. Proporciona relaxamento e melhora a qualidade do sono. 

 

Melissa Officinalis

É um fitoterápico considerado um sedativo moderado e age na melhora da insônia, ansiedade e da tensão.

 

Melatonina

Possui tecnologia de liberação dupla que é liberada de forma gradual ao longo da noite, promovendo um sono tranquilo e reparador, sem interrupções.

 

Extrato de Cereja Amarga

Composto por diversos fitoquímicos, atua na melhora da qualidade do sono através da regulação dos níveis de cortisol.

Saiba como a Officilab pode te ajudar a dormir melhor 

A Officilab manipula diversos ativos que podem ajudar na melhora do sono em diversas versões, tais como: cápsulas, tabletes e gotas sublinguais, strips, entre outros. Para saber mais, converse com seu médico para que seja escolhido o melhor tratamento para você. 

Tudo que você precisa saber sobre a Glutamina

O que é

A glutamina é um aminoácido que é muito conhecido como um imunonutriente, já que participa da produção de antioxidantes e das funções de defesa do organismo. 

 

Ela pode ser encontrada em vários alimentos, como carnes, peixes, ovos, leguminosas e  vegetais. 

 

Confira no próximo tópico como esse aminoácido beneficia sua saúde. 

 

Principais benefícios da Glutamina 

Auxilia na melhora do funcionamento intestinal

Esse aminoácido é tudo como o principal fornecedor de energia, já que ele estimula o fortalecimento das células, promovendo um equilíbrio da flora intestinal que ajuda a prevenir e tratar a constipação e a diarréia. Além disso, sua potente ação inflamatória auxilia no tratamento de doenças como colite ou Crohn. 

 

Pode ajudar de doenças cardíacas

Como a Glutamina participa na produção de um potente antioxidante chamado Glutationa, ela pode auxiliar na prevenção de vários tipos de doenças cardíacas, como infarto, aterosclerose ou derrame. 

 

Fortalece o sistema imunológico

Por ser um imunonutriente, a Glutamina é essencial no fortalecimento das células de defesa do organismo, promovendo um sistema imune mais forte. Além disso, ela auxilia na recuperação de lesões, queimaduras e cirurgias. 

 

Previne lesões durante os treinos

Esse aminoácido pode ser um excelente aliado para quem faz treinos de longa duração e alta intensidade, justamente por promover uma recuperação mais rápida e auxiliar na prevenção de lesões. 

 

Orce seu manipulado conosco 

Pensando no sucesso do seu tratamento, nós manipulamos os seus medicamentos através de diversos veículos e formas farmacêuticas. Converse com o seu médico para saber qual o tratamento indicado para você e fale com nossa equipe de atendimento para saber mais.